domingo, 23 de dezembro de 2012

80 anos de barbárie: Robert E. Howard e a criação de Conan


Veja como foi aqui.

Em Dezembro de 1932, a notória revista pulp Weird Tales publicou a história que daria ao mundo um dos grandes ícones da Fantasia e da Aventura. Assim como Tarzan, Dracula ou James Bond, Conan, criação máxima do escritor texano Robert E. Howard, tornou-se um fenômeno pop que saltou das páginas da literatura para histórias em quadrinhos, filmes, séries de TV e jogos, conquistando para sempre o imaginário popular. Após 80 anos, o mito do bárbaro cimério continua mais vivo do que nunca. Para debater a trajetória deste grande personagem, e comemorar seu aniversário, os jornalistas Carlos André Moreira e Carlos Thomaz Albornoz se reunirão com o escritor Cesar Alcázar para um bate papo descontraído e  informativo.
Carlos André Moreira nasceu em São Gabriel em 1974. É jornalista, crítico literário e repórter do Segundo Caderno de Zero Hora. Mestre em Literatura Portuguesa pela UFRGS. Publicou o romance Tudo o Que Fizemos (2009) e já teve contos incluídos nas revistas Coyote e Etc. e nas antologias Contos Comprimidos e Ficção de Polpa: Crime. É um patife. Mantém e edita o blog Mundo Livro.
Cesar Alcázar é escritor, editor e tradutor. Nasceu em Porto Alegre no ano de 1980. Um dos criadores da Argonautas Editora. É autor dos livros Bazar Pulp – Histórias de Fantasia, Aventura e Horror (2012) e Cemitério perdido dos Filmes B (2010 – como Cesar Almeida).
Carlos Thomaz Albornoz é jornalista, pesquisador e crítico de cinema. Membro-fundador da ACCIRS – Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul. Programador da sessão Raros desde 2001. Colaborador de revistas como Cine Monstro, Teorema e Contracampo. Coautor do livro Voivode – Estudos sobre Vampiros.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Borges. In: El inmortal.

"Cuando se acerca el fin, ya no quedan imágenes del recuerdo; sólo quedan palabras. No es extraño que el tiempo haya confundido las que alguna vez me representaron con las que fueron símbolos de la suerte de quien me acompañó tantos siglos. Yo he sido Homero; en breve, seré Nadie, como Ulises; en breve, seré todos: estaré muerto." 

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Incidente no Cemitério de Sierra Mojada, por Cesar Alcázar


Parte 1 – FELICIDADE, s. Uma sensação agradável resultante da contemplação da miséria de outro

            O escorpião travava uma batalha feroz ante o ataque das formigas vermelhas. Suas pinças afiadas retalhavam inimigos, mas não conseguiam libertá-lo do mar vermelho que o envolvia. Todas as tentativas de escapar do martírio se tornavam infrutíferas com a intervenção de um graveto, que empurrava o escorpião de volta para o formigueiro. Ele não tinha ideia de como havia parado ali, e sequer podia entender o que era aquilo que o impedia de sair.
            Segurando o graveto com cuidado, sem deixar que nenhuma formiga subisse por ele, o menino ria com a fútil resistência do escorpião. Duas outras crianças se aproximaram para assistir a luta desigual, encantadas com as fortes cores e o movimento caótico do embate.


Meu conto Incidente no Cemitério de Sierra Mojada, que mostra Ambrose Bierce em um cenário saído de um filme de Sam Peckinpah, está no livro "AUTORES FANTÁSTICOS", lançamento da Argonautas Editora. 


quinta-feira, 11 de outubro de 2012

A Sombra do Abutre, Editora Arte & Letra

– Ah, aquela lá é um demônio! Bebe mais que o homem mais resistente sem se embriagar e pragueja mais do que um espanhol. Cortar... talhar... morre, cão! Eis o que ela tem por feitio.

– Quem diabos é ela? – rosnou von Kalmbach.

– Sonya Rubra de Rogatino.

 
Em breve nas melhores livrarias: "A sombra do Abutre", de Robert E. Howard. Uma aventura histórica imperdível. Introdução deste que vos "fala" :) Lançamento da Arte & Letra Editora.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Receita para um conto de Espada & Feitiçaria

Ingredientes:

• um protagonista amoral

• uma trama voltada para conflitos pessoais

• uma boa dose de sobrenatural

• uma farta dose de violência

• uma pitada de Erotismo

• duas pitadas de Horror

• melancolia e tragédia à gosto

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Cesar Alcázar - Entrevista no Fantasticon (TV PodLer)

Essa é a entrevista que o pessoal do site PodLer fez comigo durante o primeiro fim de semada do Fantasticon 2012.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Por que escreve?


Para expulsar de minha cabeça os personagens e histórias que ficam me atormentando enquanto eu não os coloco no papel.

Essa e outras loucuras estão na entrevista comigo feita pelo blog Alternativos & Independentes.


quinta-feira, 17 de maio de 2012

A volta de Cesare Guerrieri

Conheça a verdadeira história de Cesare Guerrieri, o cineasta esquecido, no conto "O filme".

"Guerrieri, o diretor, possuía um longo histórico de aberrações cometidas em película. Seu primeiro trabalho, Django Il cacciatori di vampiri, unia a brutalidade dos westerns peninsulares à depravação das obras sensacionalistas que exploravam os horrores do nazismo. Por outro lado, sua infame estreia em nada se comparava ao dantesco banquete da produção que acabara de exibir ao incauto crítico."


O conto "O filme" está em "Bazar Pulp - Histórias de Fantasia, Aventura e Horror". 


terça-feira, 15 de maio de 2012

Uma sepultura solitária sobre a colina

"Anrath puxou com violência as rédeas do cavalo. Um grito lancinante quebrara o silêncio da madrugada e assustara o animal. Após conseguir recobrar o controle sobre a montaria, o guerreiro examinou a escuridão na tentativa de encontrar a origem do ruído. Não lhe agradava nem um pouco viajar à noite. Por outro lado, tinha pressa de se juntar aos homens de Niall mac Eochada, rei de Ulaid. Niall estava reunindo tropas para saquear Dublin, e o pagamento não era de se ignorar."

O conto "Uma sepultura solitária sobre a colina" está em BAZAR PULP - HISTÓRIAS DE FANTASIA, AVENTURA E HORROR.

A última viagem do Lemora

"Não comentei o estranho episódio da aparição de Jorghensen com ninguém, embora este fato tenha sem dúvida me perturbado. Os marujos já possuíam suas próprias preocupações. Afinal, tudo aquilo podia não ter passado de um sonho. Na época, eu jamais teria a capacidade de imaginar que meu grotesco encontro na madrugada pudesse ter algum tipo de significado. Hoje, percebo que aquele acontecimento, real ou não, fora uma premonição. Não gosto destas definições místicas, entretanto, não tenho outra explicação. Sei que nem tudo o que acontece neste mundo pode ser explicado de modo racional. Aprendi isso da pior forma, enfrentando uma situação que nenhuma mente sã poderia conceber."


A noveleta "A última viagem do Lemora" está em BAZAR PULP - HISTÓRIAS DE FANTASIA, AVENTURA E HORROR.


quarta-feira, 25 de abril de 2012

Bazar Pulp na Odisseia!

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Boas críticas para o Cão Negro, que voltará em Bazar Pulp:

Arte de Nathan Thomas Milliner


Pat Kovacs, do blog Alternativos & Independentes, comenta:

O conto tem uma beleza impressionante. Diante de um cenário tétrico de corpos dilacerados estendidos na areia da praia, em que ocorreu uma terrível batalha entre Vikings e mercenários contratados pelo rei local, Cesar Alcázar descreve a cena com certo lirismo que empresta suavidade aquilo que seria uma cena grotesca. O protagonista Anrath, O Cão Negro, é o único sobrevivente do massacre e é salvo pela criatura mais improvável a esse fim: a Banshee, uma anunciadora da morte no folclore irlandês.


O que mais gostei nesse conto foi a subjetividade do protagonista, um guerreiro sanguinário que jamais conheceu outra coisa na vida do que matar para sobreviver, mas que além de não sentir exatamente orgulho naquilo que faz, sente o peso de cada vida que ceifa, fazendo dele um personagem intimamente rico e muito honrado, embora mercenário. O fim terminou manso e selvagem com o início.


Segundo Tatiana Jiménez, do blog Leitora Viciada...
César Alcázar traz uma história intensa e instigante, dotada de ótima mitologia. Gostei muito do Poço de Cíocal.


Para Eduardo, do blog More Than Words...
O conto mostra uma riqueza muito grande nos detalhes, que é clássico dos livros de fantasia. A escrita do autor é nada mais nada menos que impecável.

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Bazar Pulp: Histórias de Fantasia, Aventura e Horror

Detalhe da capa. Arte de Fred Macêdo. Lançamento em breve!

bazar

  1. Um mercado, particularmente no Oriente Médio, em geral coberto, com lojas e tendas.
  2. Uma loja vendendo artigos exóticos ou ecléticos.

Wiktionary

pulp

  1. uma revista ou livro contendo material vulgar ou extraordinário, e geralmente impresso em papel barato de baixa qualidade.

Collins English Dictionary



Cesar Alcázar, admirador confesso de autores como Robert E. Howard e H. P. Lovecraft, resgata a magia da literatura pulp em sete histórias repletas de ação, mistério e fortes emoções.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012