segunda-feira, 25 de julho de 2011

Faroeste Gaúcho

PORTO ALEGRE, SÁBADO, 7 DE MAIO DE 2011

São Luiz, 6 - Já se conhecem os pormenores sobre o assalto que um grupo de malfeitores, chefiados pelo bandido Viriato, fez em Uruquá. Viriato extorquiu cerca de 4:000$000. Tambem inutilisou e espalhou pelo campo documentos no valor de 40:000$000. O estancieiro saqueado é homem abastado e de bons costumes, e sempre está trabalhando, desde pela manhã até á noite, apezar de possuir tres leguas de campo. Consta que a quadrilha ainda se conserva neste municipio, ignorando-se, porém, o seu paradeiro.

PORTO ALEGRE, SÁBADO, 28 DE MAIO DE 2011

São Luiz, 27 - As autoridades policiaes deste municipio continuam tentando capturar o bandido Viriato. Consta ter havido cisão entre os bandidos, sendo assassinados o ex-sargento do exército Feijó, que há tempos desertou, após tentar a sublevação do 4 regimento de infantaria.

PORTO ALEGRE, SÁBADO, 11 DE JUNHO DE 2011

Consoante communicação recebida pelo dr. Vasco Bandeira, chefe de policia, o celebre bandido Viriato e um seu filho foram corridos pela policia argentina da cidade de Alvear.
Transpondo o arroio Guapehy, aquelles individuos tomaram o rumo de La Cruz.
As autoridades de Itaquy e de Uruguayana tomaram providencias, no sentido de captural-os.

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 30 DE JUNHO DE 2011

Segundo communicação recebida pelo dr. Vasco Bandeira, chefe de policia, o celebre bandido Viriato, sendo perseguido pelo delegado de Uruguayana, dr. Amantino Fagundes, transpoz um rio, em direcção á ilha de Japejú, na Republica do Uruguay.

PORTO ALEGRE, QUARTA-FEIRA, 20 DE JULHO DE 2011

Morte do bandido Viriato - Transmittido de Alvear, provincia de Corrientes, na Republica Argentina, recebemos, hontem, o seguinte telegramma, do general Salvador Pinheiro Machado: "Alvear (Corrientes, 19) Foram, hontem, mortos, no departamento de Libres, o bandido Viriato e seu filho. - Saudações. - Salvador Pinheiro.

Fonte: Há um século no Correio do Povo

2 comentários:

hqsubversiva disse...

Lascou, Alcázar: já estou pesquisando costumes da época de suas terras pra escrever algo ambientado nesta era. Muitas ideias!

Cesar Alcázar (Almeida) disse...

Legal, Caio! Você vai gostar desse livro aqui: Os últimos bandoleiros a Cavalo http://www.ucs.br/ucs/editora/catalogo/historiaimigracao/osultimosbandoleiroscavalo

Abraço!